Ainda Há Muita Sorte

Antiprisma

Se eu for viajar, estendo a mão
Venha comigo
Se o vento do depois tocar nós dois
Será o aviso

Já é hora de não se guardar
Ainda há muita sorte

Se o brilho no olhar reflete o céu
Quero sentir
Pois nós podemos ver e compreender
O que ele é

Já é hora de não se esquecer
Ainda há muito tempo sem querer
Já é hora de deixar pra lá
Qualquer pensamento sem você


Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Antiprisma

Ver todas as músicas de Antiprisma