Amnesia

Anahí

Original Tradução Original e tradução
Amnesia

Mi corazon se deshace
Mi pulso se desanima
Cargo un pesado equipaje
Recuerdos que contaminan

Tu ausencia es una tormenta
Que arrasa con mi alegría
Soy una lagrima seca
Soy una rama caída

Y lo más triste de todo
Es aceptar que mis labios tus besos mendigan
Lo más triste de todo
Es que no vuelves, no vuelves, te vas y me olvidas

Como si me hubieras amado
Y mi nombre se hubiera borrado
Como si una vez me hubieras escrito
Y tu pluma me hubiera tachado

Como si tu cuerpo tuviera
Toda la memoria vacía
Como si cruzaras la puerta
Y se te cerrara la vida

¿Quién de mi te habrá curado
Y embreagado de anestesia?
Como si tuvieras amnesia
Amnesia

Te pienso en sombras de noche
Te sueño en pena de día
Si me levanto del suelo
Tu voz retumba y me inclina

Y lo más triste de todo
Es aceptar que mis labios tus besos mendigan
Lo más triste de todo
Es que no vuelves, no vuelves, te vas y me olvidas

Como si me hubieras amado
Y mi nombre se hubiera borrado
Como si una vez me hubieras escrito
Y tu pluma me hubiera tachado

Como si tu cuerpo tuviera
Toda la memoria vacía
Como si cruzaras la puerta
Y se te cerrara la vida

¿Quién de mi te habrá curado
Y embreagado de anestesia?
Como si tuvieras amnesia
Amnesia

Amnesia
Amnesia

Amnésia

Meu coração se desfaz
Meu pulso desacelera
Carrego um fardo pesado
Lembranças que contaminam

Sua ausência é uma tormenta
Que destrói minha alegria
Sou uma lágrima seca
Sou um galho caído

E o mais triste de tudo
É aceitar que meus lábios imploram por seus beijos
O mais triste de tudo
É que você não volta, não volta, você vai e me esquece

Como se houvesse me amado
E meu nome houvesse apagado
Como se uma vez me houvesse escrito
E sua caneta me houvesse riscado

Como se seu corpo tivesse
Toda memória vazia
Como se atravessasse a porta
E acabasse com a vida

Quem te curou de mim
E te embriagou de anestesia?
Como se tivesse amnésia
Amnésia

Penso em você nas sombras da noite
Sonho contigo durante o dia
Se me levando do chão
Sua voz retumba e me derruba de novo

E o mais triste de tudo
É aceitar que meus lábios imploram por seus beijos
O mais triste de tudo
É que você não volta, não volta, você vai e me esquece

Como se houvesse me amado
E meu nome houvesse apagado
Como se uma vez me houvesse escrito
E sua caneta me houvesse riscado

Como se seu corpo tivesse
Toda memória vazia
Como se atravessasse a porta
E acabasse com a vida

Quem te curou de mim
E te embriagou de anestesia?
Como se tivesse amnésia
Amnésia

Amnésia
Amnésia

Composição: Anahi / Claudia Brant / Noel Schajris
Enviada por Igor e traduzida por Ricardo. Legendado por Serena e mais 3 pessoas. Revisões por 8 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Anahí

Ver todas as músicas de Anahí