No Sé Por Qué Te Quiero (part. Antonio Banderas)

Ana Belén

Original Tradução Original e tradução
No Sé Por Qué Te Quiero (part. Antonio Banderas)

No sé por qué te quiero
Será que tengo alma de bolero
Tú siempre buscas lo que no tengo
Te busco en todos y no te encuentro
Digo tu nombre cuando no debo

No sé por qué te quiero
Si voy a tientas tú vas sin freno
Te me apareces en los espejos
Como una sombra de cuerpo entero
Yo me pellizco y no me lo creo

Si no me hicieran falta tus besos
Me tratarías mejor que a un perro
Piensa que es libre porque anda suelto
Mientras arrastras la soga al cuello

Querer como te quiero
No va a caber en ningún bolero
Te me desbordas dentro del pecho
Me robas tantas horas de sueño
Me miento tanto que me lo creo

Si no me hicieran falta tus besos

Querer como te quiero
No tiene nombre ni documentos
No tiene madre no tiene precio
Soy hoja seca que arrastra el tiempo
Medio feliz en medio del cielo

Não Sei Por Que Te Amo

Não sei porque te amo
Será que tenho alma de bolero
Você sempre busca o que não tenho
Procuro-o em todos e não te encontro
Digo seu nome quando não devo

Não sei porque te amo
Se vou preocupada, você vai sem freio
Você me aparece nos espelhos
Como uma sombra de corpo inteiro
Eu me belisco e não acredito

Se não me fizessem falta seus beijos
Trataria-me melhor que a um cachorro
Pensa que é livre porque anda solto
Enquanto arrasta uma corda no pescoço

Amar como te amo
Não vai caber em nenhum bolero
Você me domina dentro do peito
Roubas-me tantas horas de sono
Minto-me tanto que não acredito

Se não me fizessem falta seus beijos

Amar como te amo
Não tem nome nem documentos
Não tem mãe, não tem preço
Sou uma folha seca que arrasta o tempo
Meio feliz no meio do céu

Composição: Victor Manuel San José
Enviada por Alessandra e traduzida por Sandra. Revisão por Lorena.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog