Se Eu Morresse Hoje

Amiri

Essa fita é um abismo entre eu e a bênção
É tipo aprender a andar, mas sem chão
E o estado dessa fita tá avançado
E eu tô cansado de ficar cansado
Vi coisas que cê ia correr se cê visse
Eu não acho que eu vá morrer de velhice
Iriam trancar as portas se cê

Perguntar com que frequência gente morta me vê
É um mar de gente? Nada, são ondas
Sol, eu nunca vi uma madrugada tão longa
Pensando em tudo o que eu pus vida
Tá me arrancando ela, me transformando num suicida
Cadê meu sorriso? Onde tá? É, quem roubou?
Se jogar é preciso? É grave, é? Hein, doutor
Que eu tô com sintomas, otimismo em coma
Não, eu tô me sentindo bem Thomas

Se eu te disser o que eu senti
Medo, medo
De não ser
Feliz, feliz
Quando eu não tive fé, eu desisti
Tão cedo, cedo
Que nem vi
O bem que eu fiz, que eu fiz

Sintomas que nem a Emely, Sara Genson
Quero salvar o passado e ele me para
Futuro fim esmo, visão atrofiada, eu vim vesgo?
Me ajude a fugir de mim mesmo
Cara, olha pra tua vida, desiste
Se esse Deus existe, Ele quer te ver triste
Pega a gilete, vai se corta
Foda-se, essa vida anda bem mais que torta
Eles não eram Playstation, baralho ais de copa?
Agora junta teus milho e faz pipoca
Mano, ela teria a vida por você
Ela teria dado vida à bebê
Ela teria dado tudo
Ah, e eu não?

Mas a gente se deu as costas, não deu mãos
Mas você não fez por onde merecer
Nada além de se ver ligando pro CVV
Deus não
Me deixa mentir, esse amor foi meu céu, foi meu chão
Ou eu chamo o mundo pra um one on one
Ou deixo no repeat A Change Is Gonna Come
E deixo uma carta à moda antiga sem emoji
Vão ver que eu tava falando sério em tudo o que eu disse
Se eu morrer hoje

Se eu te disser o que eu senti
Medo, medo
De não ser
Feliz, feliz
Quando eu não tive fé eu desisti
Tão cedo, cedo
Que nem vi
O bem que eu fiz, que eu fiz

Dessa vida, quando eu me for
Eu levo verde como predileta, árvores como amigas
O coração de um filho que quis muito ser pai
África marcada em tudo que sinto
A voz de alguma luta
Eu fui medo e coragem num pote só
Eu tô cego pro Sol, mesmo ao meio dia
Otimismo virou kryptonita
Perdido de novo, mas dessa vez eu desisti de me encontrar
Felicidade é uma chance que não mereço
Não chore minha ida, não sinta pena
Deixe a verdade cumprir seu papel

Eu desisto de existir
Que Deus me perdoe, que o amor me perdoe
Que seu amor me leve de volta pra casa
Meu melhor é invisível
Tudo o que tive é o que senti
Nada corrompeu meu coração
Eu tô cansado e cansado de ficar cansado
Não me sinto cabendo nesse plano
Minha existência quer fugir dele
A Marisa Monte tava certa
Hei de ser feliz também, depois dessa vida

Uh, caraca
E pensar que eu escrevi
Essa carta aqui pensando em me despedir
Mas quer saber?

Posts relacionados

Ver mais no Blog