Gestos

Amado Maita

Essas marcas do tempo
Marcaram meu rosto e voz
Quase morreu
E tentando dormir
Me sentindo cansado e só
Hoje eu sofri

Do meu olhar
Lá vem meu desencanto e vi
Novo sol
Da minha mão, nada pra dividir
Nada pra se prender
Só trabalho o dia inteiro e dá
Só uns gestos de abrir

Quem não viu
Não ouviu
Não cheirou
Nada pode dizer

E há bastante
Pra ver
Pra saber
Que é preciso pensar

Essas marcas do tempo
Marcaram meu rosto e voz
Quase morreu
Quase morreu
Quase morreu

Composição: Amando Maita / José Wilson Lopes
Enviada por Helio.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Amado Maita

Ver todas as músicas de Amado Maita