Adeus Mouraria

Alexandra

Adeus, ó casas velhinhas
Das vielas estreitinhas
Onde o fado já morou
Adeus meu bairro de encantos
Dos teus mais lindos recantos
Só a saudade ficou

Adeus mouraria, adeus tradição
Já vejo a cidade
Cantar com saudade a tua canção
E as casas velhinhas, feitas pedraria
Vão p’lo caminho, dizendo baixinho
Adeus mouraria

Adeus, trapeira modesta
Das sardinheiras em festa
E dos beijos ao luar
Adeus taberna bizarra
Onde nas noites de farra
Guitarras vinham chorar

Adeus mouraria, adeus tradição
Já vejo a cidade
Cantar com saudade a tua canção
E as casas velhinhas, feitas pedraria
Vão p’lo caminho, dizendo baixinho
Adeus mouraria

E as casas velhinhas, feitas pedraria
Vão p’lo caminho, dizendo baixinho
Adeus mouraria


Posts relacionados

Ver mais no Blog