Como Dois Animais

Alceu Valença

Uma moça bonita, de olhar agateado
Deixou em pedaços o meu coração
Uma onça pintada e seu tiro certeiro
Deixou os meus nervos de aço no chão

Mas uma moça bonita, de olhar agateado
Deixou em pedaços o meu coração
Uma onça pintada e seu tiro certeiro
Deixou os meus nervos de aço no chão

Foi mistério e segredo e muito mais
Foi divino brinquedo e muito mais
Se amar como dois animais

Foi mistério e segredo e muito mais
Foi divino brinquedo e muito mais
Se amar como dois animais

Meu olhar vagabundo de cachorro vadio
Olhava a pintada, e ela estava no cio
E era um cão vagabundo e uma onça-pintada
Se amando na praça como os animais

Uma moça bonita, de olhar agateado
Deixou em pedaços o meu coração
Uma onça pintada e seu tiro certeiro
Deixou os meus nervos de aço no chão

Uma moça bonita, de olhar agateado
Deixou em pedaços o meu coração
Uma onça pintada e seu tiro certeiro
Deixou os meus nervos de aço no chão

Foi mistério e segredo e muito mais
Foi divino brinquedo e muito mais
Se amar como dois animais

Foi mistério e segredo e muito mais
Foi divino brinquedo e muito mais
Se amar como dois animais

Meu olhar vagabundo de cachorro vadio
Olhava a pintada, e ela estava no cio
E era um cão vagabundo e uma onça-pintada
Se amando na praça como os animais
Se amando na praça como os animais
Uh, no carnaval
No carnaval

Composição: Alçeu Valença
Revisões por 4 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Alceu Valença

Ver todas as músicas de Alceu Valença