Kingston Town

Alborosie

Original Tradução Original e tradução
Kingston Town

Sippling down down, sippling down down
It's a rudebwoy town, it's kingston town

Some man have no manners, steal an try fi beg a thing
If you no drop no green a straight off dissing t'ing
Sun a bun traffic, it's a slow riddim
JCF a move rough, dem bus' di m-16
Some man a drive up an dung, dem have di latest ting
Machine fit inna dem jeans a show off girls and bling
Smell of marijuana round di corner dem juggling
One mad man get 'I'm food straight outta di garbage bin 'ey

Sippling down down, sippling down down
It's a rudebwoy town, it's Kingston town
Sippling down down, sippling down down
It's a rudebwoy town, it's Kingston town

Dis a di gun land,
Blood run cold blood pon di white sand
Concrete a bun put some pads up your chin
Bad babylon bwoy dem kill a youth an one old woman a chant
An while a neck sit a monster di rat-ta-ta-tan-ta
Dem dig more grave than rooms up-a hilton
Small community get wash up by a blood stain
Every weekend same routine with new function
Pusher dem count more dead than 9-11 destruction 'ey

Sippling down down, sippling down down
It's a rudebwoy town, it's Kingston town
Sippling down down, sippling down down
It's a rudebwoy town, it's Kingston town

Di gyal dem pants tight like rubber suit
And a dem blouse one tiny something hide up perfect boobs
Dem always a smile if you a-go pay di I
Dem a go play you one trick if you a mamas bwoy
Its a tough man town, there's no crown and no throne
It a go lick you down with a dancehall soun'
If you a stranger and you drive, mek sure you know the route
You don't wanna get salute by a gun dispute

Sippling down down, sippling down down
It's a rudebwoy town, it's Kingston town
Sippling down down, sippling down down
It's a rudebwoy town, it's Kingston town

Cidade de Kingston

Saindo fora, saindo fora
É uma cidade rude boy, é a cidade de Kingston

Alguns homens não têm maneiras, roubam e tentam mendigar as coisas
Se não descola um verde, eles te xingam
Tráfico em plena luz do sol, é um ritmo lento
A polícia jamaicana é bruta, eles apreendem a M-16
Tem uns caras que chegam pisando na bola, eles têm a o último bagulho
A máquina cabe na calça jeans de garotas que ostentam joias
Cheiro de maconha lá no canto, estão negociando
Um maluco tá ligado que eu sou isca direto do latão do lixo, ei!

Saindo fora, saindo fora
É uma cidade rude boy, é a cidade de Kingston
Saindo fora, saindo fora
É uma cidade rude boy, é a cidade de Kingston

Esta é a terra do revólver
O sangue corre frio, sangue na areia branca
O concreto que te acerta um cruzado no queixo
Os malvados da Babilônia, matam um moleque e uma senhora que canta
E enquanto um pescoço relaxa, um monstro ratatatanta!
Eles cavam mais fundo que os quartos de Hilton
A pequena comunidade se lava com as manchas de sangue
Todo fim de semana, a mesma rotina com nova função
Os aviõezinhos contam mais mortos que a destruição do 11 de setembro, ei!

Saindo fora, saindo fora
É uma cidade rude boy, é a cidade de Kingston
Saindo fora, saindo fora
É uma cidade rude boy, é a cidade de Kingston

As minas apertam a calça como se fosse gravata de borracha
E a blusa minúscula que esconde perfeitos peitos
Sempre sorriem se você for pagar
Elas vão te passar a perna se você for filhinho de mamãe
É uma cidade osso duro, cara, não tem coroa nem trono
Vai te atropelar ao som do dancehall
Se você for estrangeiro e dirigir, tenha certeza que conhece a rota
Você não quer ser saudado por um tiroteio

Saindo fora, saindo fora
É uma cidade rude boy, é a cidade de Kingston
Saindo fora, saindo fora
É uma cidade rude boy, é a cidade de Kingston

Composição: Alborosie
Enviada por Maria e traduzida por Filipe. Legendado por Claudia.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Alborosie

Ver todas as músicas de Alborosie