Tudo o que é meu

Alaíde Costa

Só há razão para chorar
Quando não se tem um grande amor
E não se pode chorar de amor
Como hoje choro eu

Só há razão de sofrer
Prá quem a vida esqueceu
Quero ser tua até morrer
Toma, amor, tudo o que é meu

Composição: Alaíde Costa / Vinicius De Morais
Enviada por Francisco.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog