Ref:rain

Aimer

Original Tradução Original e tradução
Ref:rain

Raining
natsu no gogo ni
touriamea kasa no shita
Kissing
nureta hou ni sotto kuchizuketa
ano kisetsu ni mada kogarete iru

Miss you
mado no soto ni
touzakaru keshiki tachi
Breezing
niji ga mieta
sugu ni kiesou de
ame ashita wa furanakereba ii

nani mo te ni tsukazu ni
uwa no sora no hibi
Nothing, but you're the part of me

mada tarinakute
mada kienakute
kasaneta tenohira kara osanasa ga
What a good thing we lose?
What a bad thing we knew?
sonna fureezu ni nureteku ame no naka

tada tarinakute
mada ienakute
kazoeta hi no yume kara sayonara ga
What a good thing we lose?
What a bad thing we knew?
furerarezu ni iretara waraeta kana?

Calling
shiroi iki ga maiagaru sora no shita
Freezing
tsuyoi kaze ni tsukoshi kajikanda te to
yowasa wo poketto no naka ni

doko wo miwatashitemo toorisugita hibi
Nothing, but you're the part of me

mata furetakute
tada mabushikute
omowazu me wo sorashita yasashisa ni
Wanna sleep in your feel
Wanna see you in the deep
sonna fureezu wo narabeta uta wo ima

ano kaerimichi basu ni yurarete
kanau hazu no nai youna yume wo mite
Wanna sleep in your feel
Wanna see you in the deep
kurikaesu kisetsu ni narenai mama

mou sukoshi kurai
otona de iretara nante ieta darou?

mada tarinakute
mada kienakute
kasaneta te no hira kara osanasa ga
What a good thing we lose?
What a bad thing we knew?
sonna fureezu ni nureteku ame no naka

tada tarinakute
mada ienakute
kazoeta hi no yume kara sayonara ga
What a good thing we lose?
What a bad thing we knew?
furerarezu ni iretara waraeta kana?

Refrão

Chovendo
Num verão, debaixo de um guarda-chuva
Sob uma chuva passageira
Beijando
Beijei suavemente seu rosto molhado
Ainda sinto falta daquela estação

Sinto sua falta
As paisagens fora da minha janela
Ficam distantes
Ventando
Eu vi um arco-íris
Que acabou de sumir
Eu só espero que não chova amanhã

Ultimamente ando totalmente perdida
Com minha cabeça nas nuvens
Não há nada, mas você é uma parte de mim

Ainda não é o suficiente
Ainda não pode desaparecer
A inocência permanece nas palmas das nossas mãos unidas
Qual é a melhor coisa que perdemos?
Qual a pior coisa que soubemos?
Essas frases me encharcam com se fosse chuva

Apenas não é o suficiente
Ainda não posso dizer
O adeus dos meus sonhos, quando eu ainda estava contando os dias
Qual é a melhor coisa que perdemos?
Qual a pior coisa que soubemos?
Se nunca tivéssemos nos tocados, será que estaríamos sorrindo agora?

Chamando
Em um céu onde nossa respiração esbranquiçada sobe
Congelando
O vento forte gela minhas mãos
É a minha fraqueza, então eu as escondo em meus bolsos

Não importa para onde eu olhe, os dias já se passaram
Não há nada, mas você é uma parte de mim

Eu quero te tocar de novo
Mas você é radiante demais
Eu me viro instintivamente da luz da sua ternura
Eu quero dormir no seus sentimentos
Eu quero ver suas profundezas
Estas frases formam essa música que canto agora

Eu ando na mesma estrada de casa, embalado pelo ônibus
Eu vejo um sonho que eu não acho que poderia se tornar realidade
Eu quero dormir no seus sentimentos
Eu quero ver suas profundezas
Aquela estação que nunca retorna

Me pergunto o que eu poderia ter dito
Se eu tivesse permanecido um pouco mais adulta

Ainda não é suficiente
Isso não vai desaparecer
A inocência permanece nas palmas das nossas mãos unidas
Qual é a melhor coisa que perdemos?
Qual a pior coisa que soubemos?
Essas frases me encharcam como se fosse chuva

Ainda não é suficiente
Ainda não posso dizer
O adeus dos meus sonhos, quando ainda estava contando os dias
Qual é a melhor coisa que perdemos?
Qual a pior coisa que soubemos?
Se nunca tivéssemos nos tocado, será que estaríamos sorrindo agora?

Composição: Aimerrhythm / Tobinai Masahiro
Enviada por Gabriel e traduzida por Gabriel. Legendado por rebeca e Geovanni. Revisões por 9 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Aimer

Ver todas as músicas de Aimer