LETRAS.MUS.BR - Letras de músicas

Vem e Vai

5 a Seco

De tudo o que o vento traz
Quase nada permanece
Permanente vem e vai
Coisas sempre morrem, nascem
Os afetos são iguais
Amores desaparecem
Mas de tudo o que se vai
Algo finca o pé e não arreda
Pra que esconder que é você?

Que aparece toda vez
Bagunçando a minha ideia
Nas menores distrações
Dentro de um jogo da velha
E não é que eu queira paz
Eu até que gosto de uma encrenca
Mas mesmo pra mim é demais

De tudo o que o vento traz
Quase tudo a gente varre
Folhas secas, palha e pó
Incerteza, medo e fome
As delicias de um verão
As lembranças de uma tarde
O quê vai determinar, o quê a mente guarda ou descarta?
A minha não larga você

Não sei de onde você vem
Muito menos o seu nome
Se eu te vi só uma vez
Como posso estar insone?
Como eu fui ficar assim
Por alguém que é só uma ideia?
Isso eu pergunto a você

Que aparece toda vez
Bagunçando a minha ideia
Nas menores distrações
Dentro de um jogo da velha
E não é que eu queira paz
Eu até que gosto de uma encrenca
Mas mesmo pra mim é demais

Não sei de onde você vem
Muito menos o seu nome
Se eu te vi só uma vez
Como posso estar insone?
Como eu fui ficar assim
Por alguém que é só uma ideia?
Isso eu pergunto a você

Composição: Tó Brandileone / Vinicius Calderoni
Enviada por Ana, Legendado por Maria