Era Madrugada

4 Caras

Era madrugada
Era quase nada
Ela pela estrada
Estava sem ninguém

Ela se ocupava
Com fórmulas complicadas
De como se fazer doer
Prá doer alguém que amava

Se imaginava
Caída estirada
Como uma operária
Que se lançasse ao chão

E se ele a visse
Se seu amor a visse assim
Desfeita, rosa no jardim
Pára-quedas sem abrir

Pois certo seria
Que a cobrisse de carinhos
Que a levasse dali
Com ela faria
Sonhos de festim
Pra um outro dia amanhecer

Ela quer chorar
Uma prova de amor

Composição: Marco Aur
Enviada por Cleyton. Revisão por Rodolfo.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de 4 Caras

Ver todas as músicas de 4 Caras