Cobertos de Preto

4 Caras

Cobertos de preto estão
Os nossos meninos
Os malabaristas
Nos sinais das capitais

Cobertos de preto estão
Os dentes daqueles
Abandonados
Mas com sorrisos largos

Cobertas de preto estão
As unhas mal feitas
Prostituídas
Noturnas avenidas

Cobertas de preto estão
Tantas viúvas
Desconsoladas
Em camas arrumadas

Quando a chuva descer
E escorrer nossos erros
Vou mostrar pra você
Que ainda estamos cobertos de preto

Cobertos de preto estão
Os olhos nos jornais
Maliciosos
A nova geração de marginais

Cobertos de preto estão
Os polegares
Analfabetos
Homens imensos

Cobertas de podridão
São as consciências
Eleitas pela multidão
Coberta de preto

Quando a chuva descer
E escorrer nossos erros
Vou mostrar pra você
Que ainda estamos cobertos de preto

Ninguém é bom demais.

Composição: Renato Boechat
Enviada por Cleyton. Revisão por Rodolfo.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de 4 Caras

Ver todas as músicas de 4 Caras