Abri As Portas

2 Reis

Eu abri as portas
E a luz da rua entrou aqui
Revelando cores
Que eu nunca vi

No chão sobre os tacos
Contra o sol a sobra estendi
Queimando a cortina que encobre
Tudo que vivi

Tecido de sonhos rasgados
Despido de todos retalhos
Exposto a tantos retratos
Eu não vou me esconder

Desatei os laços
Que emaranhavam-se entre nós
E quebrei os muros
Com o som da minha voz

Com os pés descalços
Nada nas mãos
Lancei-me no espaço sozinho
Na imensidão

Tecido de sonhos rasgados
Despido de todos retalhos
Exposto a tantos retratos
Eu não vou me esconder

Tecido de sonhos rasgados
Despido de todos retalhos
Exposto a tantos retratos
Eu não vou me esconder

Desatei os laços
Que emaranhavam-se entre nós
E quebrei os muros
Com o som da minha voz

Com os pés descalços
Nada nas mãos
Lancei-me no espaço sozinho
Na imensidão

Tecido de sonhos rasgados
Despido de todos retalhos
Exposto a tantos retratos
Eu não vou me esconder

Tecido de sonhos rasgados
Despido de todos retalhos
Exposto a tantos retratos
Eu não vou me esconder

Composição: Sebastião Reis / Theo Reis
Enviada por Vitor. Revisão por Ellen.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de 2 Reis

Ver todas as músicas de 2 Reis